Lesão de Manguito Rotador

A lesão de Manguito Rotador é queixa comum nos consultórios de fisioterapia e atingem principalmente mulheres acima de 40 anos sendo a segunda maior causa de consultas ortopédicas perdendo apenas para a dor lombar.

O Manguito Rotador é formado por quatro músculos (Supra-espinhal, infra-espinhal, subescapular e redondo menor) que se originam na escápula e inserem-se nas tuberosidades da cabeça do úmero. Sua função é gerar estabilidade ao ombro, promover movimentos do braço e nutrir a articulação do ombro.

lesao-manguito-rotador

O suprimento sanguíneo deficitário do músculo supra-espinhal é um dos principais fatores para desenvolvimento de lesão de Manguito Rotador. Além disso, o trauma, o impacto (entre a tuberosidade maior do ombro e acrômio) e o atrito (degeneração) são os outros fatores considerados como causadores da lesão do manguito rotador.

Essa patologia atinge principalmente mulheres acima de 40 anos e a dor no ombro é a segunda maior causa de consultas ortopédicas perdendo apenas para a dor lombar.

O não tratamento dessa patologia pode levar a uma ruptura total do manguito rotador causando dor e perda dos movimentos do ombro.

Classificação da lesão de Manguito Rotador

Fase I: Edema e hemorragia reversíveis: Tratamento conservador com fisioterapia e medicação promove uma recuperação total.

Fase II: Fibrose e tendinite do manguito rotador: Tratamento conservador com fisioterapia e medicação costuma ser eficiente nos primeiros episódios de dor e por isso a importância de procurar logo um profissional.

Fase III: Ruptura completa do manguito com alterações ósseas associadas: Geralmente o tratamento cirúrgico é o indicado porém estudos recentes mostram que a fisioterapia no longo prazo pode também ajudar na recuperação. Um exemplo é o estudo publicado pela Journal of Shoulder and Elbow Surgery (Revista Médica de Cirurgia Americana) onde os pacientes com ruptura COMPLETA do manguito rotador foram acompanhados por 5 anos. Os pacientes foram submetidos a 3 meses de tratamento conservador, de forma precoce após a lesão, e após 5 anos apresentavam a mesma condição de quem fez cirurgia de ombro.

Muitas dores de ombro, mesmo com a presença de lesão do manguito rotador, podem estar associadas a lesões na coluna cervical. É muito importante uma avaliação criteriosa antes do encaminhamento do paciente com dor no ombro para a cirurgia. Muitos casos de cirurgia de ombro que não deram certo podem estar relacionada com alterações cervicais. 

Os profissionais do Instituto RV realizam todos os testes clínicos necessários para diferenciar a dor de origem cervical com a dor de origem no ombro.

CENTRAL DE ATENDIMENTO

Choquinhos, infravermelho e outros aparelhos são ineficazes para as lesões de MANGUITO ROTADOR!

Proposta de Tratamento da lesão de Manguito Rotador do Instituto RV

O tratamento na maioria dos casos é conservador com medicação e fisioterapia feita através de exercícios específicos.

A fisioterapia tem que inicialmente focar no alívio da dor e depois no restabelecimento da função articular e muscular. Recentemente, vários estudos mostram a importância da utilização de exercícios específicos e ativos para o tratamento do ombro.

Tratamentos passivos como “choquinhos”, infravermelho e ultrasom possuem baixíssima eficácia. Por isso tratamento tem que ser feito preferencialmente através de exercícios específicos.

Em todas as unidades do Instituto RV são utilizados diversas modalidades de recursos terapeuticos para o tratamento do manguito rotador. Entre os recursos utilizados estão:

  • Técnicas de Terapia Manual para analgesia

  • Agulhamento a Seco;

  • Terapia Manual;

  • Exercícios Proprioceptivos para retorno as atividades diárias, ocupacionais e esportivas;

  • Exercícios de fortalecimento do manguito rotador com o objetivo de diminuir o impacto.

  • Ativação dos músculos escapulares para melhorar funcionamento do ombro lesionado

 

No Instituto RV as sessões de fisioterapia são feitas individualmente o que aumenta a eficácia do tratamento e reduz o número de sessões.

Central de atendimento

Antes de iniciar o seu tratamento, iremos fazer uma avaliação clínica da sua coluna e nossos profissionais indicarão qual o melhor caminho a ser seguido.