Protusão discal pode gerar dores com características de uma compressão do nervo.

A protusão discal é uma distensão do anel fibroso que envolve os discos intervertebrais.

O Disco Intervertebral é um disco de cartilagem fibrosa formada por um anel e um núcleo pulposo, que compõem a unidade vertebral e garantem a absorção de impacto, além de gerar mobilidade e sinergia aos movimentos da coluna.

A protusão discal caracteriza-se por uma “distensão”do disco, sem ocorrer o rompimento do anel fibroso. Essa “dilatação” pode pressionar a raiz nervosa, medula espinhal e ligamentos, provocando dor e outros sintomas característicos de uma compressão de nervos. Quando ocorre a ruptura do anel fibrose e extravasamento do núcleo chamamos de hérnia de disco.

Fatores de risco que podem ocasionar uma protusão discal:

  • Levantamento de pesos (incluindo afastamento e empurramento);
  • Postura estática mantida em flexão
  • Vibrações diretas na coluna;
  • Inclinar e girar o tronco repetitivamente;
  • Trabalho físico pesado;

A técnica  E.S.V (Estabilização segmentar vertebral) idealizada pelo fisioterapeuta Australiano Paul Hodges,tem como principal efeito restaurar a cognição dos  músculos locais,que tem a capacidade de controlar o movimento de translação e cisalhamento vertebral,consequentemente um menor desgaste ao disco intervertebral,pois a estabilidade local será garantida pela melhora da endurance e cognição dos músculos profundos da coluna vertebral.

Marque sua consulta na unidade do Instituto RV mais próxima de você.

Links Relacionados: Maca de descompressão, Tratamento para protusão, músculos da coluna

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Central de atendimento

Antes de iniciar o seu tratamento, iremos fazer uma avaliação clínica da sua coluna e nossos profissionais indicarão qual o melhor caminho a ser seguido.